Africa Consulting

Africa Consulting

Desenvolvimento Humano e Relações Internacionais

MGF: O QUE SEUS OLHOS NÃO VEEM, O SEU CORPO SENTE!

 

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde aproximadamente 140 milhões de meninas e mulheres ao redor do mundo foram submetidas a essa violência. A cada ano mais de 3 milhões podem passar pela mutilação. Por essa estatística, cerca de 8 mil meninas são mutiladas por dia. Essa é uma prática que ocorre na África, no Oriente Médio, na Ásia, America do Sul e América Central. E, segundo a última investigação da The END FGM European Campaign, a MGF tem acontecido, também, em alguns países da Europa. 

 

 

A MGF é realizada na faixa etária de 0 a 15 anos de idade. O tipo de mutilação, a idade e a forma como esta incisão é feita variam e dependem do país onde acontecem. A mutilação é operada por membros do grupo que reconhecem a prática como sendo um rito de passagem para mulheres e, portanto, necessário.  Os objetos utilizados para a incisão são pontiagudos, tais como uma faca, uma lâmina de barbear ou um vidro quebrado. As principais consequências da MGF são dor e sangramento, traumas irreparáveis, choques, dificuldade em urinar, infecções generalizadas, septicemias, lesões no tecido genital e, às vezes, a morte, segundo o relator especial da ONU Manfred Nowak que investiga assuntos sobre tortura, tratamentos ou penas cruéis, desumanas e degradantes pelo mundo.

 

 

 

Objetos utilizados para realizar a Mutilação Genital Feminina

 

 

O vídeo abaixo, publicado em 2010, que compartilhamos neste post, com duração de apenas 6 minutos, foi realizado pela ADDHU - Associação de Defesa dos Direitos Humanos, Organização Não Governamental para o Desenvolvimento.  

 

Seja um parceiro da Africa Consulting e nos ajude na campanha contra a Mutilação Genital Feminina. É muito simples participar: compartilhe esse post e diga Não à MGF. Quanto mais pessoas fizerem isso, mais rápido podemos chamar a atenção do mundo para esta cruel realidade. O objetivo dessa campanha é salvar vidas.

 

Compartilhe e deixe seus comentários!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Forgot your password?